March 26, 2019

February 28, 2019

May 23, 2018

November 11, 2017

October 7, 2017

September 23, 2017

September 13, 2017

August 11, 2017

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

5 anos de BeaBrincar

November 11, 2017

Foi no dia 27/10, esse é o dia de comemoração dos 5 anos do BeaBrincar. São 5 anos de uma linda história e que conto rapidamente nesse texto abaixo!

Considero a história do BeaBrincar uma linda história, repleta de surpresas, coragem, determinação e muito amor. E gostaria de contar para vocês!
Depois de trabalhar durante anos na Terra Firme, estava na hora de deixá-la, não sabia bem o motivo, não compreendia meu desejo de buscar outras coisas. Aquela escola me presenteou com muito aprendizado, com excelentes relações e eu tinha um reconhecimento importante, mas estava na hora de partir. As dúvidas eram muitas, mas segui em frente. 
Me despedi da escola em dezembro de 2010 e em fevereiro de 2011 já estava trabalhando no Studio D1 como coordenadora de ballet da sede do Batel. Eu estava voltando para um lugar que foi igualmente importante para mim, mas em outra época da minha vida. O Ballet foi minha primeira paixão e lá no Studio D1 do Batel iniciei meu percurso profissional, aos 18 anos. Voltar foi maravilhoso, dançar é maravilhoso. Voltei a dançar, já teria valido a pena por isso, estava muito feliz.
Em fevereiro de 2012 estava conversando com o André, diretor do Studio e o responsável pelo meu retorno num dia normal de trabalho. Estávamos conversando sobre meu retorno, pois já estava fazendo um ano que estava lá, etc. Foi quando fiz um comentário que mudaria minha vida, eu disse: “Está tudo muito bom, mas eu sinto muita falta das crianças!” Ele deu continuidade na conversa perguntando: “Mas você quer ir até algum lugar que tem essas crianças? Nós podemos dar um jeito nisso!” e eu disse então que eu não tinha mais as crianças, que tinha deixado para trás quando me despedi da escola e então ele me perguntou: “Mas o que você fazia? O que precisa para fazer seu trabalho? O que você precisa para ter essas crianças?” E não entendi muito bem a pergunta dele, mas expliquei que eu precisava de uma sala vazia para brincar. E ele disse: “Uma sala vazia? Mas não serve uma das que temos aqui?” Nesse momento eu fiquei paralisada, não sabia nem bem o que responder então eu disse: “Claro que serve, mas sabe André, isso não é ballet!” E sua resposta mudou minha vida e a de muitas crianças, ele disse: “Use, pode usar uma de nossas salas!” Agradeci muito e sai da sala meio anestesiada pensando se isso estava acontecendo comigo mesmo.
De fevereiro até o dia 27 de outubro de 2017 passei por muitos questionamentos, como: “mas eu sou muito velha para começar alguma coisa” (eu estava com 45 anos na época), ou “não vai dar por causa disso ou daquilo”, ou ainda “como uma mãe e um pai vão deixar em minhas mãos seu maior tesouro?” e “como eu vou fazer para que alguém me conheça, confie em mim?” Depois de conseguir enfrentar todos os meus medos, passar por cima de conceitos pronto, quebrar paradigmas, criei o evento no facebook e fiz a primeira divulgação de um evento, a “Oficina do Brincar”, uma maneira de mostrar aos pais como funcionaria o BeaBrincar. Para isso contei com outro anjo na minha vida, Caroline Collita. Ela me ajudou a organizar, divulgar e me deu todo o apoio para minha primeira oficina. Não parei mais, não posso parar, pois hoje meus dias começam e acabam brincando. Acordo, levanto da cama e penso: “Tem uma criança me esperando para brincar!”
Que venham todas as crianças que precisem de amor, alegria, aprendizado, sorriso, abraço, reconhecimento, parceria, amizades, pois é disso que o BeaBrincar é feito!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags