A criança e o calendário


Ao longo desses anos percebi o interesse das crianças pelo calendário mensal que eu mesma faço e coloco na sala. Como uma coisa tão simples pode ser tão útil e despertar tanto interesse?


Com uma cartolina colorida, divido em retângulos pequenos que completam os 30 ou 31 dias, conforme o mês. A cada mês faço a mesma coisa, mas troco a cor da cartolina para que eles percebam que mudou.


Inicialmente a ideia foi uma simples opção para que eles assinassem seus nomes, ou fizessem suas marquinhas (para aqueles que ainda não sabem escrever) para meu próprio controle das sessões. Com o tempo comecei a perceber como eles se dirigiam ao calendário para pensar. Logo após assinarem seus nomes, ficavam olhando, pensando e chegando as suas conclusões. Chamo isso de análise e síntese.


Quantas coisas percebi com essa busca espontânea das crianças em querer pensar. São elas:

  • Identificação de datas e tempo;

  • Organização de sua rotina;

  • Identificação dos números;

  • Identificação a regularidade da semana e mês;

  • Identificação de seus compromissos;

  • Sequência dos números num contexto específico;

  • Utilização dos números na vida cotidiana;

  • Entre outros


O que posso perceber com o uso do calendário é que ele dá segurança para a criança, pois é um material concreto, visual e de fácil compreensão. Nas reuniões com as famílias sempre indico a construção de um calendário para deixar em casa.


Vocês podem reunir a família e construir seu próprio calendário. Nele podem colocar todos os eventos e compromissos da semana das crianças, isso dá autonomia e confiança para que a criança possa fazer sozinha seus compromissos, ou se preparar para ele. Para as crianças que ainda não leem é possível colar figuras ou desenhos que identifiquem as atividades.


Faça seu calendário e depois nos conte como foi!


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square